Santa Casa de Londrina

Thá Engenharia revitaliza e amplia Santa Casa de Londrina

A Thá Engenharia realiza obras de ampliação e acabamento no novo prédio da Fundação da Irmandade da Santa Casa de Londrina (Iscal). Ele será constituído por 11 andares, sendo quatro deles exclusivamente para internação e mais 200 novos leitos, saltando de 191 para 391.

A obra conta com UTI de 34 leitos, pronto atendimento, auditório e cozinha industrial, além aumentar o número de salas do centro cirúrgico de sete para 16. Ela também prevê um heliporto e totaliza 19 mil m² de obra.

Importância para a cidade e região

A revitalização é importante para pacientes da cidade e região, uma vez que a Santa Casa possui atendimento em 36 especializações médicas e realiza desde consultas até procedimentos como transplantes de coração e rim. Depois da conclusão das obras, a Santa Casa de Londrina terá capacidade para atender mais de mil novas internações por mês.

A Thá Engenharia também vai revitalizar o bloco já existente, sem interferir nas atividades do hospital. Os dois prédios serão integrados por meio de quatro passarelas que darão acesso a um pátio externo, a fim de facilitar o deslocamento dos pacientes e familiares e trazer mais bem-estar.

Capacidade reconhecida

O projeto foi atualizado e modernizado pela Thá Engenharia e conta com a certificação Edifício Verde, dentro dos parâmetros para preservação ambiental, com a instalação de 100 painéis solares e captação de água da chuva.

A obra também dispõe de um sistema de prevenção de incêndio e detecção de fumaça. "Essas especificações são para melhor atender os cidadãos, por se tratar de um prédio destinado à saúde", declarou o superintendente da Iscal, Fahd Haddad.

A escolha da Thá para a conclusão da Santa Casa de Londrina não se deu apenas pela condição comercial, mas também pelo histórico de obras executadas neste setor e por possuir as certificações ISO-9000 e PBQP-H.

"Toda a logística é pensada desde a fase de planejamento e orçamento. Adotamos os padrões de cada hospital e focamos também nas necessidades exigidas pelo Ministério do Trabalho e pelo Ministério da Saúde", disse Dudas, Engenheiro Thá Engenharia responsável pela obra em Londrina.

Processo de Licitação

“O processo de licitação previa que a empresa candidata a concluir a obra deveria atender a alguns requisitos, entre eles, possuir certificações, apresentar currículo e portfólio de obras recentes, incluindo o volume de obras e destacando os empreendimentos já construídos no segmento”, destaca o Diretor de Planejamento e Controle da Produção da Thá Engenharia, Gilberto Kaminski.



Outras Obras Hospitalares